Seguidores

Sejam todos bem vindos!!!

Adoro a sua visita! Mesmo sem se identificar, podem entrar que a casa é nossa!
Beijos doces e carinhosos para todos que por aqui passarem!

sábado, 31 de outubro de 2009

A Idade e a Mudança - Lya Luft

Mês passado participei de um evento sobre o Dia da Mulher.
Era um bate-papo com uma platéia composta de umas 250 mulheres de todas as raças, credos e idades.
E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.
Foi um momento inesquecível...
A platéia inteira fez um 'oooohh' de descrédito.
Aí fiquei pensando: 'pô, estou neste auditório há quase uma hora exibindo minha inteligência, e a única coisa que provocou uma reação calorosa da mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho? Onde é que nós estamos?'
Onde não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado 'juventude eterna'. Estão todos em busca da reversão do tempo.
Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.
Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas mesmo em idade avançada.
A fonte da juventude chama-se "mudança".
De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora.
A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.
Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos.
Mudança, o que vem a ser tal coisa?
Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a vida toda para um bem menorzinho.
Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.
Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos.
Rejuvenesceu.
Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol.
Rejuvenesceu.
Toda mudança cobra um alto preço emocional.
Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza.
Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.
Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna.
Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho.
Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.
Olhe-se no espelho...
Lya Luft

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Uma pequena homenagem ao meu anjinho Gabriel! Que agora habita a Morada Divina.

Filho amado, a saudade é imensa, mas sei que o seu tempo chegou e a sua presença alegre será sempre uma constante em nossas vidas!!!
Obrigada por ter estado entre nós!!! Não importa se o tempo não foi longo, mas sim, a intensidade da sua vida!!!
Essa é uma homenagem ao nosso filho Gabriel que hoje faz 1 ano que voltou ao Pai Celestial.


Pedaço de Mim

Composição: Chico Buarque

Oh, pedaço de mim
Oh, metade afastada de mim
Leva o teu olhar
Que a saudade é o pior tormento
É pior do que o esquecimento
É pior do que se entrevar

Oh, pedaço de mim
Oh, metade exilada de mim
Leva os teus sinais
Que a saudade dói como um barco
Que aos poucos descreve um arco
E evita atracar no cais

Oh, pedaço de mim
Oh, metade arrancada de mim
Leva o vulto teu
Que a saudade é o revés de um parto
A saudade é arrumar o quarto
Do filho que já morreu

Oh, pedaço de mim
Oh, metade amputada de mim
Leva o que há de ti
Que a saudade dói latejada
É assim como uma fisgada
No membro que já perdi

Oh, pedaço de mim
Oh, metade adorada de mim
Lava os olhos meus
Que a saudade é o pior castigo
E eu não quero levar comigo
A mortalha do amor
Adeus

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Texto de Fernando Pessoa




http://www.aindamelhor.com/poesia/poesias03-fernando-pessoa.php

Onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.
Onde você vê um motivo pra se irritar,
Alguém vê a tragédia total
E o outro vê uma prova para sua paciência.
Onde você vê a morte,
Alguém vê o fim
E o outro vê o começo de uma nova etapa...
Onde você vê a fortuna,
Alguém vê a riqueza material
E o outro pode encontrar por trás de tudo, a dor e a miséria total.
Onde você vê a teimosia,
Alguém vê a ignorância,
Um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
E que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.
Cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
"Porque eu sou do tamanho do que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

SONHOS DE ANJO DA DAJLA

 

 INGREDIENTES
     Para a massa:  
    5 colheres de sopa de manteiga
    1 pacote de bolacha de maisena
    3 colheres de sopa de açúcar
     Para o recheio: 
    1 unidade de abacaxi pequeno, que é mais saboroso (se for em calda (lata) serve também)
    1 unidade de cream cheese (pote pequeno)
    1 unidade de creme de leite sem soro (leve à geladeira alguns minutos, fica mais fácil retirar o soro.)
    1 unidade de leite condensado
    3 colheres de sopa de manteiga
    4 unidades de ovos
    1 xícara de queijo minas ralado (observe o sal, muitos vendidos em supermercado são muito salgados)
    1 pacote de côco ralado (de boa qualidade)


PASSO A PASSO
1.    Misture em uma tigela a manteiga, o açúcar e os biscoitos até que obtenha uma farofa, não sove apenas misture com os dedos. Forre o fundo e as laterais de forminhas pequenas de empada, ou pão de mel... Se tiver aquelas pequenas com fundo removível melhor. Abra um pouquinho de massa em cada forminha e reserve.
2.    Faça o recheio picando em cubinhos bem pequenos o abacaxi sem o miolo. Faça uma calda com 1 xícara de açúcar e 1 de água e coloque esse abacaxi, até ficar mais grosso e sem caldo. Vira um doce de abacaxi. Se for de lata apenas corte em cubinhos pequenos, e deixe escorrer bem.
3.    Bata no liquidificador os ovos com o leite condensado, por 5 minutos. Junte o creme de leite, cream cheese, a manteiga. Desligue o liquidificador, coloque o queijo, e o coco e bata só para misturar. Esse creme você vai misturar com o abacaxi e colocar nas forminhas que foram reservadas anteriormente. e levar ao forno até que fiquem coradinhas.
4.    Deixe ficar morna, desenforme e pode servir. Fica muito boa geladinha também.

Essa receita foi postada num site chamado receitáculo que eu digo que é o orkut da culinária...rsrsrs...e a minha amiga Dajla colocou essa receita e eu fiquei apaixonada, por isso resolvi dividir com os meu amigos e amigas do meu blog, pra que ser egoísta né mesmo?
Eu conhecia papo de anjo, agora sonho de anjo é novidade!!! E isso é realmente um sonho.
Experimentem!!!

BOLO DE CANELA

 Minhas amigas, essa receita eu peguei de um site chamado Petit Chef, que pelo linguajar deve ser da "terrinha" (Portugal), como tenho bastante intimidade com o idioma, já que descendo dos patrícios, fiz algumas traduções e na foto está escrito o nome do blog, pois foi de lá que tirei, para enriquecer a receita com imagem. Espero que gostem!!!



 
4 ovos
2 xícaras de chá de açucar
2 xícarass de chá de farinha
1 xícara de chá de leite
2/3 xícara de óleo de boa qualidade
raspa de 1 limão
1 colher de sopa de canela
1 colher de sobremesa de fermento em pó
1 colher de café de bicarbonato
1 pitada de sal
1 cálice de vinho do Porto

Preparação (ultra-rápida):

Numa tigela grande misturar os ingredientes secos com a colher de pau (isto evita a formação de grumos posteriormente).
Abrir uma cova e juntar todos os ingredientes restantes (ovos, leite, raspa, óleo, canela, vinho do Porto...)
Mexer tudo com a colher de pau até homogeneizar. É muito importante NÂO bater a massa, só misturar, sem dar muita importância a algum pequeno grumo de farinha que apareça... Basta apertá-los contra as paredes da tigela para os desfazer.

E... já está pronto!!!

Colocar a massa numa forma de buraco muito bem untada e polvilhada com farinha (mesmo bem untada, senão o bolo pega ao fundo...).

Assar durante cerca de 45 minutos em forno médio (verificar com um palito).

É bom morno, mantém-se fofinho durante vários dias e, muito importante, ainda ganha em sabor com o passar do tempo...

Não deixem de experimentar!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Frase do dia.....

"Não sobrecarregues os teus dias com preocupações desnecessárias,
a fim de que nao percas a oportunidade de viver com alegria."
(André Luiz)


Uma boa semana para todos os meus amigos e visitantes!!!

sábado, 17 de outubro de 2009

CUPCAKES DE CHOCOLATE




Essa foto está um pouco estranha, pois foi tirada com celular e a resolução não ficou muito boa, mas dá para se ter uma idéia do que foi feito na aula de "Cupcakes", com a professora Sara.
Para quem gosta, aí vai a receita:


Ingredientes:
1 xícara de açúcar;  6 colheres de sopa de manteiga sem sal; 1 xícara de chocolate (50 % de cacau); 4 ovos; 2 xícaras de farinha de trigo; 400 grs. de gotas de chocolate (a mesma usada para fazer cookies); 2 colheres de sopa de fermento em pó;
Modo de preparo:
Na batedeira, coloque o açúcar e a manteiga, batendo bem até ficar clarinho. Junte o chocolate em pó e bata mais. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Por fim, acrescente a farinha de trigo, que já está peneirada com o fermento, e vá alternando com o leite. Coloque as gotas de chocolate, misture até incorporar bem. Use forminhas de papel do tamanho que desejar fazer os bolinhos, mas coloque as forminhas dentro de formas de alumínio para não abrir, ou se tiver aquela forma de assar muffins tb pode ser utilizada, e lembre-se não colocar mais de 2/3 da capacidade da forma senão transborda. Coloque para assar em forno pré-aquecido a 180º, por mais ou menos 15 a 20 minutos.
Cobertura:
400 grs de chocolate blend picado; 200 grs de margarina de boa qualidade, sem sal; 200 grs de doce de leite.
Modo de preparo:
Derreta o chocolate e acrescente os outros ingredientes até formar um creme que deverá ser usado com bico pitanga "2 D" para decoração.

Pode enfeitar do jeito que desejar, de acordo com o tema da festa. Use a imaginação!!!
Ficam lindos, são um verdadeiro mimo, e agora é o que mais está se usando em festas, principalmente de crianças.
Agora que está chegando o Natal, ficarão lindos decorados com temas natalinos

CANÇÃO DA PLENITUDE



Não tenho mais os olhos de menina
nem corpo adolescente, e a pele
translúcida há muito se manchou.
Há rugas onde havia sedas, sou uma estrutura
agrandada pelos anos e o peso dos fardos
bons ou ruins.
(Carreguei muitos com gosto e alguns com rebeldia.)
O que te posso dar é mais que tudo
o que perdi: dou-te os meus ganhos.
A maturidade que consegue rir
quando em outros tempos choraria,
busca te agradar
quando antigamente quereria
apenas ser amada.
Posso dar-te muito mais do que beleza
e juventude agora: esses dourados anos
me ensinaram a amar melhor, com mais paciência
e não menos ardor, a entender-te
se precisas, a aguardar-te quando vais,
a dar-te regaço de amante e colo de amiga,
e sobretudo força -- que vem do aprendizado.
Isso posso te dar: um mar antigo e confiável
cujas marés -- mesmo se fogem -- retornam,
cujas correntes ocultas não levam destroços
mas o sonho interminável das sereias.


Poema de Lya Luft do livro "O Lado Fatal" - 1991 - Ed Siciliano - SP - Brasil

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Alfajores Argentinos


Amigos, essa receita me foi dada por uma argentina. Essa massa é muito especial e diferente de muitos alfajores que já comi. Fica simplesmente divino!!! Esses que eu fiz não foram banhados em chocolate, pois  assim também se consome na Argentina, porém, eles também podem ser banhados, fica ao gosto de cada um.

 



Ingredientes:
500 g de maisena
150 g de farinha de trigo
220 g de açúcar
300 g de manteiga
2 ovos
4 gemas
1 colher de chá de fermento em pó
2 colheres de chá de essência de baunilha, ou 1 colher de sopa de rum.


Recheio: Doce de leite a gosto (eu cozinhei leite condensado por 40 minutos, fica firme e muito saboroso
Para essa receita eu precisei de 3 latas para rechear todos.

Cobertura: Açúcar de confeiteiro ou chocolate para cobertura.

Modo de preparo:

Peneire a farinha com a maisena e o fermento; Reserve.
Misture o açúcar com a manteiga, os ovos, as gemas e a essência de baunilha.
Junte as duas misturas.
Com a ajuda de um rolo, abra a massa sobre uma mesa enfarinhada, na espessura de 0,5 cm. Corte círculos de 4 cm de diâmetro.
Asse em fôrma untada e enfarinhada, com o forno em temperatura baixa.
A massa está no ponto quando levantada com a ponta da faca e ela se soltar inteira. É muito importante não deixar passar do ponto, eles ficam clarinhos, não deve deixar dourar. Demora mais ou menos 20 minutos, isso vai depender do forno de cada um.
Deixe esfriar e recheie com o doce de leite.

Dica: Ao invés de usar como cobertura o açúcar de confeiteiro, pode-se usar coco ralado ou uma cobertura de chocolate.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Merengue de Morango



Para os discos de merengue:
1 copo de claras de ovos;
3 copos de açúcar refinado;
1 colher de chá de essência de baunilha;
1 pitada de cremor tártaro;
1 pitada de sal.

Bater durante 10 minutos (tudo junto) até ficar bem firme.
Forrar uma assadeira (virada ao contrário) com papel manteiga (eu prendo com fita crepe para não movimentar) e fazer os discos do tamanho de uma forma aro 24 (eu costumo fazer um risco no papel manteiga com o fundo da forma redonda pra facilitar)
Assar em forno 150º. Não pré aquecer o forno. O tempo é de mais ou menos 25 minutos. Não pode deixar passar muito. O ponto ideal é quando colocando levemente a mão sentir que ele está sequinho e levemente dourado.

Para o chatilly:
500 ml de creme de leite fresco (de garrafinha);
5 colheres de sopa de açúcar;
1 colher de chá de essência de baunilha.

Bater em batedeira na velocidade mínima até formar um creme, tendo o cuidado de não bater muito para não virar manteiga.

Montagem:
Colocar um disco de merengue no prato, colocar a metade do creme chantilly e colocar bastante morangos cortados. Colocar o outro disco de merengue, o restante do chantilly e decorar com os morangos.
Gasta-se 2 caixas de morangos.

Torta Arco-Íris



Pão de Ló: 3 ovos, 3 colheres de sopa de açúcar, 3 colheres de sopa de trigo.
Bater os ovos inteiros na batedeira por 10 minutos até formar uma espuma, acrescentar o açúcar e bater mais 10 minutos. Desligar a batedeira e acrescentar o trigo delicadamente. Untar duas formas redondas de 25 cm de diâmetro, com manteiga, forrar com papel manteiga e dividir a massa, assando em forno pré-aquecido a 180°, até ficar sequinho. (+- 20 minutos).

Cremes: 200 grs. de manteiga sem sal, 200 grs de açúcar, 2 gemas, 2 latas de creme de leite sem o soro (deixar dormir dois dias na geladeira, e não pode ser caixinha tem que ser lata, e aproveitar o soro para molhar o pão-de-ló). Bater bem a manteiga com as gemas e o açúcar até formar um creme esbranquiçado. Depois misturar o creme de leite, sem bater muito, apenas incorporar bem.
Separar o creme em três partes iguais. Colocar essência de menta e umas gotinhas bem fracas de anilina verde. (Não tenho quantidade certa da essência, vou colocando a provando até chegar ao ponto que agrada).
Outra parte, colocar essência de cereja e anilina rosa.
Terceira parte deixar natural, pois é o mesmo creme base da torta holandesa.

Montagem:
Passar um rolo de pastel nos discos de pão-de-ló. Pegar o prato que já vai servir a torta, colocar o aro de forma desmontável de 25 cm (fechado) sobre o prato e um dos discos do pão-de-ló, molhando com o soro que tirou do creme de leite (colocar um pouco de rum), espalhar o creme de cereja, depois o natural e depois o de menta, cobrir com o outro disco molhado tb, cobrir tudo com papel alumínio, apertar com o fundo da forma que não foi usado ainda, e levar à geladeira até o dia seguinte.
No dia seguinte, retirar a tampa, o papel, o aro e fazer uma cobertura de trufa.
Aquecer uma caixinha de 200 grs. de  creme de leite, raspar 200 grs de chocolate meio amargo e misturar bem até derreter por completo e espalhar por cima da torta.

Bom apetite!!!!



DEFICIÊNCIAS, Mario Quintana (escritor gaúcho nascido em 30/07/1906 e morto em 05/05/1994 .

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

"A amizade é um amor que nunca morre."

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Mais Cora Coralina....

Aninha e suas pedras

Não te deixes destruir...
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Cora Coralina  (Outubro, 1981)


segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Bolo de chocolate para o chá da tarde


Ingredientes:
2 xícaras (chá) de trigo;
2 xícaras (chá) de açúcar refinado;
1 xícara (chá) de chocolate em pó 50% (não use achocolatado);
1 colher (sopa) de fermento em pó;
1 pitada de sal;
4 ovos;
1 xícara (chá) de óleo de boa qualidade;
1 xícara (chá) de água fervente.

Modo de Fazer:
Misturar todos os ingredientes, menos a água, até se tornar uma mistura homogênea, então acrescentar a água e misturar bem. Colocar numa forma aro 26, untada com papel manteiga, levando ao forno pré aquecido a 180º, asse por mais ou menos 30 minutos ou até que enfiando o palito ele saia seco.

Se quiser, pode colocar a mesma cobertura de chocolate muito usada no bolo de cenoura, ou fazer uma cobertura cremosinha que eu uso muito feita assim:
1 caixinha de creme de leite (200 grs.), misture 3 colheres de sopa de chocolate em pó,  3 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de sopa de manteiga. Leve tudo ao fogo, cozinhando até ficar num ponto cremoso, quando começar a fazer bolhas.
Eu costumo dizer para minhas amigas "até o ponto que começa a fazer puff puff"...rsrs...

Bem essa é uma receitinha bem simples apenas para estrear o meu blog e me acostumar com as coisas por aqui. A medida em que eu for melhorando vou colocando mais coisas.
Quero dizer também para minhas amigas que vou aguardar as suas opiniões e até publicações, ok?
Beijos e bom apetite!!!

 

Poema de Cora Coralina


Mascarados
 

Saiu o Semeador a semear
Semeou o dia todo
e a noite o apanhou ainda
com as mãos cheias de sementes.
Ele semeava tranqüilo
sem pensar na colheita
porque muito tinha colhido
do que outros semearam.
Jovem, seja você esse semeador
Semeia com otimismo
Semeia com idealismo
as sementes vivas
da Paz e da Justiça.